Juiz de Fora -
image 1

Apresentação:

Construções Ecológicas ou Sustentáveis

De todas as atividades praticadas pelo ser humano, a construção civil é uma das que mais tem impacto no meio ambiente.
Construções bioclimáticas, arquitetura sustentável, eco vilas, bioconstrução, permacultura, construção ecológica, empreendimentos verdes, são temas bastante discutidos hoje, com a preocupação cada vez maior com as questões ambientais.
A construção para ser sustentável, deve ser elaborada em um contexto, onde o externo é tão importante quanto o que ocorre nas dependências internas, e que permite a integração entre o homem e a natureza, com um mínimo de alteração e impactos sobre o meio ambiental.

O tijolo ecológico é fabricado em prensa manual ou hidráulica, sofrendo pressão equivalente a 6 toneladas, que tornam sua forma regular, com faces lisas, permitindo um encaixe perfeito, facilitando o cálculo de unidades a ser empregada em cada parede e em toda a obra, sem haver necessidade de corte do tijolo. Devido suas faces lisas e seu duplo encaixe, as paredes mantém um perfeito nivelamento e belo acabamento, oferecendo beleza estética a construção. Sua arquitetura dispensa a utilização de pregos, arames, madeiras, além de evitar fortes na parede pronta para embutir a rede hidráulica, elétrica e outras. Funciona com um sistema térmico e acústico, permitindo que o ar dentro dos furos ao ser aquecido pelo sol, sofra o deslocamento para cima, e ao esfriar retorne para baixo. diminuindo a umidade nas paredes. Os encaixes foram desenvolvidos para ampliar a resistência da estrutura, além de facilitar a sua colocação e diminuir drasticamente o tempo de conclusão da obra.

20 Vantagens para você construir com os Tijolos Ecológicos
UM EXEMPLO A SER SEGUIDO!
  1. Economia do custo final em até 50% da parede de tijolo ecológico em relação ao uso de tijolo 6 furos;
  2. Diminui o tempo de construção em 30% com relação a alvenaria convencional, devido aos encaixes que favorecem o alinhamento e prumo da parede;
  3. Estrutura - As colunas são embutidas em seus furos, distribuindo melhor a carga de peso sobre as paredes.
  4. CRIANDO UMA ESTRUTURA MUITO MAIS SEGURA!
  5. Economia de 100% no uso de madeiras nas caixarias dos pilares, vergas e contra-vergas;
  6. Economia de até 100% da massa de assentamento, (os tijolos modelo Teeco, possuem encaixe perfeito e não necessita massa de assentamento);
  7. Economia de 50% de ferro;
veja mais detalhes...    veja nossa cartilha