O tijolo Ecológico só pode ser assentado com cola?
Não, o tijolo ecológico pode ser assentado de varias formas, a cola PVA é uma das maneiras mais prática e rápida, também podemos utilizar a argamassa de assentamento convencional ou uma mistura feita de cola, água e o próprio solo. Por ser um sistema de modular , dependendo do projeto proposto, podemos dispensar a cola entre os tijolos a utilizar somente os sistema de encaixe dos mesmos.

 

Quantos pavimentos podem ser feitos, utilizando tijolo ecológico?
O quantitativo de pavimentos varia conforme o estudo de cada projeto, essa quantidade deve ser indicada pelo calculista do projeto que levará em consideração fatores como tipo de fundação e ser utilizada, cargas que esse edifício terá, etc. Possuímos em nossa galeria de projeto, um conjunto habitacional na cidade de Ourinhos–SP, que possui mais de mais 70 casas, sendo os blocos em 3 pavimento. Confira as fotos em nosso site. 

 

Como é colocada a laje?

Quando a construção alcança a altura do ponto de laje, são colocadas duas ou mais fiadas do tijolos canaleta, essa quantidade varia conforme o projeto, formando uma grande viga em toda a parte  superior da edificação e é sobre essa fiada que a laje se apóia ficando pronta para receber um pavimento superior.

As casas com tijolos ecológicos são aprovadas pela Caixa Econômica?
O tijolo ecológico é um material normatizado e que possui certificação pela ABNT (Associação Brasileira de Normas técnicas). Por tanto pode ser aprovado normalmente pela Caixa Econômica, para facilitar o processo é indicado que se anexe juntamente ao pedido de aprovação a norma técnica do solo cimento ( NBR 10836) e um laudo de laboratório do tijolo a ser utilizado para comprovar que este possui a resistência exigida pela norma norma.

 

Qual a medida dos ferros que devo utilizar nas amarrações?
Cada Projeto possui sua particularidade por isso o sistema estrutural, como o quantitativo e a espessura da ferragem, devem ser indicadas pelo responsável técnico da obra, em um projeto comum que não recebe muitas cargas adicionais, usa-se nos grautes, barras 8mm e para os grampos ferragem 4 mm. 

5x5_laranja

 

O que fazer com o tijolo trincado na parede?

Quando forem apenas fissuras pode ser feito uma massa com solo + cola, que é aplicada sobre as fissuras, se forem rachaduras ou tijolos que foram muito danificados durante a obra, pode ser feita a substituição do lado danificado retirando a face do tijolo com uma “makita”, e colocando uma nova no local. Esse método é utilizado quando a os tijolos forem usados aparentes na construção, e deve ser efetuado antes do rejuntamento. 

Para construir com tijolo ecológico é necessário o uso de mão-de-obra especializada?

Não. Apesar de alguns profissionais não conhecerem o técnica de assentamento, esta é bem simples, devemos nos atentar a alguns detalhes que garantem um bom desenvolvimento a execução, como fazer um projeto de modulação, iniciar a primeira fiada bem nivelada e sempre seguir o projeto. 

Por que, em alguns casos, ocorrem rachaduras nas paredes?

Tem vários fatores que podem ocasionar as rachaduras, como tijolos com medidas diferentes, massa de assentamento muito forte, fundação feita inadequadamente entre outros. 

A Construção com tijolo Ecológico tem que ser feito uma fundação especial?
Não. É uma fundação igual a da construção que utiliza o tijolo convencional e em ambos os casos, modifica de acordo com o projeto e o solo da região.

 

O que acontece se fabricar os tijolos e não molhar?

Ao pula essa etapa, você comprometerá a resistência do tijolo ecológico de tal forma que o mesmo poderá até se esfarelar, pois ao ser molhado ou mantida a umidade, o cimento reage e propicia a resistência exigida pelas normas da ABNT. 

 

A construção com tijolo ecológicos é realmente térmica?
Os furos dos Tijolos Ecológicos permitem que ar fique em constante movimento e formem câmaras termo-acústicas, controlando a temperatura no interior da casa. Nos dias quentes, a temperatura do interior da casa é fresca e à noite fica aquecido, diminuindo também a poluição sonora; 

 

Qual é a redução de custo do M² construído com tijolo ecológico?

A redução pode chegar até 30% no custo final da obra, não computando os tipos de louça, acabamento, etc... 

Onde são utilizados os tijolos canaletas?

Os tijolos canaletas possuem varias funções no projeto, estas são utilizadas como parte do sistema estrutural da edificação. Quando concretados os tijolos canaletas formam as vigas do projeto ou as chamadas cintas de amarração, são utilizadas também em baixo e em cima das janelas (verga e contra-verga), nas paredes a 1m de altura (formando cinta de amarração) e no respaldo antes do oitão. Os tijolos canaletas são usados também como condutores do sistema hidráulico e elétrico, exemplo: temos duas tomadas em uma parede na mesma altura, podemos percorrer com a fiação pela fiada de tijolo canaleta no sentido horizontal para fazer a ligação entre elas, fazendo assim uma economia de material. 

Os tijolos ecológicos aceitam qualquer tipo de revestimento?
Sim. Qualquer tipo de revestimento aplicado na construção convencional pode ser utilizado, sem qualquer de preparação especifica. Dentre muitos revestimentos podemos citar a argamassa, para fixar os azulejos e pastilhas, grafiáto, texturas, reboco, tinta a base de água, tinta a base de óleo, resinas, impermeabilizantes, vernizes, gesso, papel de parede, etc... Devida a perfeição da parede e do prumo, menos material será utilizado para finalizar a obra.
 

 

Depois de quanto tempo posso transportar os tijolos?

O aconselhado é fazê-lo após 7 dias de cura, pois transcorrido esse período, o tijolo já adquiriu a resistência mínima para que não quebre facilmente. 

O meio tijolo é necessário?

Sim, este pode ser produzido pelas nossas máquinas ou podem ser feitos no canteiro de obra, cortando o tijolo ao meio, por esse material utilizar um projeto de modulação, cada tijolo tem seu lugar definido na obra, onde as extremidades das paredes sempre terminam com uma fiada de tijolo inteiro e uma com o meio tijolo, o que evita a quebra desordenada das peças na obra, causando uma diminuição considerável de lixo produzido no local e no desperdício de material.

 

Qual são os tipos de cimento que posso utilizar?
Para a produção dos tijolos e pisos ecológicos não há restrição para o tipo de cimento a ser utilizado, pois todos desempenham a mesma função de dar resistência ao tijolo, portanto a escolha fica a critério do cliente. 

 

É obrigatório deixar um espaço entre um tijolo e outro? De quantos centímetros?
O tijolo ecológico, como qualquer tipo de material, possui uma dilatação e uma retração conforme as mudanças climáticas. É importante que haja sim, um espaçamento entre um tijolo e outro de aproximadamente 1mm a 1,5mm , esse espaçamento também deve ser levado em conta na hora de fazermos a planta de modulação, pois a cada 8 tijolos a parede avança aproximadamente 1cm, portanto a planta baldrame é elaborada com o critérios de espaçamento para evitar que os tijolos excedam a fundação. 

 

O tijolo ecológico é mais resistente que o tijolo cerâmico?
Com base nas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) podemos fazer um comparativo. A resistência MÍNIMA exigida para o Tijolo de Solo-cimento é de 2 MPA (Mega Pascal). Já no  tijolo de cerâmica vermelha a resistência é de 1 MPA (Mega Pascal). Portanto, o TIJOLO ECOLÓGICO, dentro das normas da ABNT, possui o dobro da resistência, deixando o tijolo de cerâmica vermelha em desvantagem com o mínimo de sua resistência. 

 

Uma casa construída com tijolo ecológico pode ser ampliada depois?
Sim. Tanto na construção ecológica como na convencional, a modulação não impede a ampliação da edificação, basta fazer um analise da parte existente e com base nesta, comece uma nova modulação para a ampliação. 

 

Quais os tipos de resíduos que se pode utilizar na fabricação dos tijolos ecológicos?
Existem vários tipos de resíduos que podem ser utilizados para a fabricação de Blocos, Tijolos e Pisos Ecológicos, como: cinza do bagaço de cana de açúcar, cinza da casca de arroz, porcelana, gesso industrializado, fibrocimento, areia de fundição, material de construção civil, até mesmo os de resíduos orgânicos, que são condicionados em matérias-primas purificadas microbiologicamente, e que prensadas são utilizadas perfeitamente na Construção Civil. 

 

O tijolo ecológico pode ser utilizado no sistema convencional?
Pode. Isso é uma opção do cliente, mas o indicado é que seja feito um projeto de modulação, pois os tijolos ecológicos possuem encaixes perfeito e fácil assentamento. Com o projeto de modulação em mãos cada tijolo possui seu lugar certo na edificação, evitado a quebra de parede, desperdício de material e garantindo a rapidez no processo construtivo.
 

 

O tijolo ecológico pode ser construído num sistema convencional?
Pode, isso é uma opção do cliente, mas o indicado é que seja feito um projeto de modulação, pois os tijolos ecológicos possuem um encaixe perfeito e um fácil assentamento, com o projeto de modulação em mãos cada tijolo possui seu lugar certo na edificação evitado a quebra do tijolo e desperdício de material na obra e garantindo rapidez no processo construtivo. 

 

O tijolo ecológico pode ser utilizado em churrasqueira?
Sim, os tijolos ecológicos, depois de curados, além de possuírem ótimas propriedades termo acústica, possuem grande resistência a altas temperaturas, o que permite perfeitamente seu uso em churrasqueiras. 

 

Uma casa construída com tijolo ecológicos pode ser ampliada depois?
Sim, a modulação não impede a ampliação da edificação, basta fazer um analise da parte existente e com base nesta, começe uma nova modulação para a ampliação. 

 

O tijolo é mais resistente que o tijolo cerâmico?
Com base nas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) podemos fazer um comparativo. A resistência MÍNIMA exigida para o Tijolo de Solo-cimento é de 2 MPA(Mega Pascal). Já no  tijolo de cerâmica vermelha a resistência é de 1 MP. Portanto, o TIJOLO ECOLÓGICO, dentro das normas da ABNT, possui o dobro da resistência, deixando os tijolos de cerâmica vermelha em desvantagem com o mínimo de sua resistência. 

 

É obrigatório deixar um espaço entre um tijolo e outro? De quantos centímetros?
O tijolo ecológico, como qualquer tipo de material, possui uma dilatação e uma retração conforme as mudanças climáticas, é importante que haja sim um espaçamento entre um tijolo e outro que é de  aproximadamente 1mm a 1,5mm , esse espaçamento também deve ser levado em conta na hora de fazermos a planta de  modulação, pois a  cada 8 tijolos a parede avança aproximadamente  1cm, portanto a planta baldrame é elaborada com o critérios de espaçamento para evitar que os tijolos excedam a fundação.
 

 

Os pedreiros acostumados com os tijolos convencionais precisam de treinamento ou apenas de noções de como trabalhar com esse "novo tipo de tijo"? E se secessário o treinamento, onde encontra-lo?
Não é necessária mão de obra especializada, o tijolo ecológico é muito fácil de trabalhar. Na compra de máquinas e equipamentos oferecemos um curso de fabricação de tijolos ecológicos, modulação e um curso básico de construção modular. Também temos parcerias com Universidades Federais que disponibilizam cursos e treinamentos na área da construção civil modular. 

 

Qual é o tipo de solo para fabricação de tijolo ecológico?

O solo mais apropriado é aquele que indica de 50% a 70% arenoso. Porém hoje, com as tecnologias, o solo que não tem essa característica pode ser corrigido, com outros matéria, garantindo um ótimo tijolo.